Idosa diz que quase foi colocada para fora de ônibus em SAJ

Zenaide só não voltou pra casa a pé porque uma passageira pagou a sua passagem.

Uma idosa quase foi colocada para fora de um ônibus na cidade de Santo Antônio de Jesus, na última terça-feira, dia 17. Zenaide Rosa da Fonseca Silva, de 64 anos, residente no bairro Cajueiro, falou que foi até o centro da cidade para receber um benefício, mas ao chegar na agência bancária o dinheiro não tinha sido liberado. Sem nenhum centavo na bolsa, já que ela saiu de casa com apenas o dinheiro para pagar o transporte de ida, e por está com uma perna e um joelho inchados, Zenaide pegou o ônibus, da linha Centro – SESC, para retornar para sua casa.

No ônibus, após olhar a carteira de identidade da idosa, a cobradora falou que ela tinha que pagar a passagem que custa R$ 2,80, caso contrário não podia seguir viagem. A idosa disse que falou para a cobradora sobre a situação do benefício que não tinha sido liberado, e sobre seus problemas de saúde. Disse também que pagaria a passagem outro dia, até porque o ônibus passa em frente a sua casa, mas segundo Zenaide, a cobradora falou: “Tem que pagar agora”.

Zenaide só não voltou pra casa a pé porque uma passageira pagou a sua passagem. A idosa, que também é hipertensa e sofre de problemas na coluna, falou que ficou tão mal que não percebeu o ônibus passando em frente a sua residência, que fica perto do Bom Preço. “Eu saltei em frente a UFRB e voltei a pé pra casa”, disse.

Sobre a gratuidade: Em 28 de abril de 2020 a idade mínima para ter direito a gratuidade no transporte coletivo de Santo Antônio de Jesus aumentou de 60 para 65.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Hélio Alves / Tribuna do Recôncavo / Foto ilustrativa