Política

Governo Bolsonaro deve analisar fusão entre a Ancine e a Anatel

A união entre as duas autarquias foi uma recomendação feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

A sugestão da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) para unir a Ancine (Agência Nacional do Cinema) com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) deverá ser analisada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

O governo federal não descarta analisar a fusão, de acordo com sinalizações do Ministério das Comunicações. Em resposta a um requerimento de informações, a pasta reconheceu que o assunto não é do escopo do grupo de trabalho para rever o marco legal dos serviços de TV por assinatura, instaurado em portaria da pasta, mas que ele poderá ser tratado preliminarmente.

“Seria possível, entretanto, que o grupo abordasse o tema de maneira preliminar em seus estudos, trazendo, por exemplo, subsídios, diagnósticos ou requisitos iniciais necessários a uma possível concretização desta recomendação”, afirma o relatório.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Bahia.ba/Foto: Divulgação/Anatel

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo