Em segunda fase de reabertura, Lençóis deixa de exigir exame prévio de Covid-19 para entrada na cidade

Os protocolos de saúde, entretanto, devem ser mantidos.

A cidade de Lençóis, localizada na Chapada Diamantina, entrará na segunda fase de reabertura a partir da próxima terça-feira (3). O local é patrimônio nacional tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e um dos destinos turísticos naturais mais visitados do Brasil.

Nesta nova fase, a apresentação de exames de Covid-19 para entrar na cidade não são mais obrigatórios, de acordo com um decreto municipal publicado ontem (29). Os protocolos de saúde, entretanto, devem ser mantidos.

Algumas regras foram estabelecidas, com o intuito de evitar a proliferação do coronavírus na região. Confira:

  • Hotéis, pousadas, hostels e demais casas de hospedagem deverão registrar os clientes por um documento criado pelo município na internet, até as 17h do dia anterior ao check-in. Caso seja descumprido o protocolo, o hóspede não terá permitido o acesso à cidade.
  • Para excursões, a prefeitura determina que a empresa responsável entregue com 10 dias de antecedência as informações relativas ao nome dos visitantes, data de chegada e partida, nome dos guias e identificação da empresa, além de outros dados a serem fornecidos ao município.
  • Eventos artísticos poderão ser realizados, desde que sejam individuais e respeitem o distanciamento de 3,5 metros entre o público e o responsável pela apresentação e as normas de distanciamento entre os clientes do estabelecimento.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Metro 1/ Foto : Reprodução/ TV Bahia