Vacina do Butantan para covid-19 estará disponível em janeiro, diz João Doria

A estimativa foi feita na manhã desta segunda-feira (27) pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

A vacina contra o coronavírus desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac deve ser distribuída em massa, gratuitamente, em janeiro de 2021.

A estimativa foi feita na manhã desta segunda-feira (27) pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

“A quantidade necessária para iniciar a imunização da população brasileira, pode ser aplicada já no início de janeiro com o SUS, com aplicação gratuita em toda população. A melhor notícia que poderíamos ter é a vacina”, declarou Doria em entrevista concedida à Rádio Itatiaia.

Segundo o gestor paulista, a Coronavac deve obter autorização para distribuição da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) até os primeiros dias de dezembro. Os testes da fase 3, realizados em 9 mil voluntários pelo país, devem ser concluídos em outubro.

“Abril do ano que vem já teremos, com toda segurança, a imunização e a tranquilidade que as pessoas poderão celebrar festas, atividades, eventos musicais ou esportivos, sem risco para sua saúde ou sua vida”, disse Doria.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Bahia.ba