Giro de Notícias

Sete grupos de estudantes vão representar o Brasil em conferência em Roma

Três estudantes e um educador (a) de cada grupo embarcam para a Itália em novembro, para representar e celebrar os 1443 projetos inscritos de todos os estados brasileiros, com mais de 2 mil crianças e jovens do mundo todo.

Amazônia, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. São desses estados as sete iniciativas selecionadas na 5ª edição da premiação Desafio Criativos da Escola, iniciativa do Instituto Alana. Após um criterioso processo de avaliação, o grupo de onze jurados convidados pelo Criativos escolheu projetos que vão da utilização da Floresta Amazônica como alternativa à falta de laboratório na escola, até ações de combate a preconceitos, valorização da cultura local e criação de alternativas criativas para a redução da evasão escolar.

A novidade desta edição fica por conta da viagem de premiação ser internacional: uma imersão em Roma, na Itália, no final de novembro, irá reunir mais de 2 mil crianças e jovens de países integrantes do movimento Design for Change – do qual o Criativos da Escola faz parte. Além dos estudantes, a Conferência Global “Eu Posso” contará com a presença do Papa Francisco, de artistas e outras lideranças mundiais.

“Os sete projetos representarão um movimento de crianças e jovens de todo o Brasil que nos apresentam a beleza e a força de soluções coletivas, inovadoras e solidárias para os desafios de seus territórios e para os problemas que mais os incomodam em suas realidades. Estamos muito felizes em divulgar estas iniciativas que irão mostrar para o mundo não só projetos incríveis, mas também a necessidade de olharmos para as questões abordadas por cada um deles e para os direitos que deveriam ser garantidos para toda a sociedade”, comemora o coordenador do Criativos da Escola, Gabriel Maia Salgado.

Em pouco mais de quatro meses de mobilização, o Desafio recebeu 1443 inscrições de todos os estados e do Distrito Federal, vindas de 538 cidades brasileiras – 58 a mais do que na edição anterior. Pela primeira vez, o estado de São Paulo liderou a quantidade de histórias cadastradas, totalizando 237 iniciativas, seguido pela Bahia (188), Ceará (186), Rio de Janeiro (155) e Minas Gerais (111). Confira, abaixo, as sete iniciativas premiadas nesta edição e que embarcam, em novembro, para Roma, na Itália, com a equipe do Criativos da Escola.

Destaque Nacional:

  • Amazônia, um laboratório natural – Escola Estadual Professora Maria Belém, Barreirinha (AM)
  • Células Motivadoras: conectando-se com o futuro – Escola Estadual Adrião do Vale Nuvens, Santana do Cariri (CE)
  • Consciência, cor e arte – Escola Municipal Milton Pessoa/Associações Quilombolas do Livramento e Águas Claras, Triunfo (PE)
  • E se fosse com você? – Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Emília de Paula, Sapiranga (RS)
  • Filhos do deserto: um resgate histórico – Centro de Educação Municipal Florindo Silveira, Rio do Antônio (BA)
  • Fora da bolha – Colégio Municipal Professora Didi Andrade, Itabira (MG)

Missão Galo – Centro Estadual de Educação Profissional Doutor Ruy Pereira dos Santos, São Gonçalo do Amarante (RN)

Sobre o Instituto Alana

O Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”.

2PRÓ Comunicação

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo