Política

Rui Costa sobre saída da Ford: “Brasil está virando uma grande fazenda”

“O que pensamos nos últimos cinco anos para aumentar o investimento em tecnologia e a industrialização”?

Após o anúncio do fechamento da fábrica da Ford em Camaçari e em todo o país, o governador Rui Costa (PT), afirmou que o Brasil está se tornando uma grande fazenda porque abandonou a assistência às indústrias e se dedicando apenas à produção de commodities agrícolas.

“Não há planejamento. O que pensamos nos últimos cinco anos para aumentar o investimento em tecnologia e a industrialização? Nada. Estamos satisfeitos em nos tornarmos uma grande fazenda”, afirmou, em entrevista à Folha de S. Paulo.

Rui afirmou ainda que estava acompanhando a redução de margens da Ford, mas que também só soube do fechamento na última segunda, 11. Conforme a publicação, ele busca atrair chineses para assumir a produção local, um terreno com 50 milhões de metros quadrados e um porto.

O governador disse ainda que os executivos da Ford lhe apontaram um cenário devastador e que apenas em 2023 a demanda voltará a crescer. Para ele, mais indústrias do setor automotivo deverão anunciar a saída do Brasil nos próximos meses.

“O câmbio foi a R$ 5, R$ 6. Quem vai bancar uma diferença de custos dessa? No ano passado, o setor industrial teve um aumento de 30% para produzir no Brasil”, diz.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

A Tarde

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo