Planalto ignora decisão do STF e mantém gastos do cartão corporativo sob sigilo

Segundo dados do Portal da Transparência do Governo Federal, na gestão de Jair Bolsonaro já foram gastos R$ 14,5 milhões com cartões corporativos

Ignorando recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o Palácio do Planalto continua mantendo sob sigilo os gastos realizados com o cartão corporativo da Presidência.

Segundo dados do Portal da Transparência do Governo Federal, a Presidência desembolsou, na gestão de Jair Bolsonaro, R$ 14,5 milhões com cartões corporativos.

Provocado por uma ação do partido Cidadania (ex-PPS), o STF analisou o tema, decidindo pela derrubada do artigo 86 do decreto-lei 200/67, um decreto militar que amparava a não divulgação das despesas da Presidência.

Trinta dias após a decisão, a Secretaria-Geral da Presidência (SGP) continua mantendo os gastos presidenciais em sigilo e disse que não pretende torná-los públicos. As informações são do Estado S. Paulo.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

bahia.ba/ Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil