PolíciaSalvador e RMS

Mulher tem moto roubada e recebe ligação de homem pedindo R$ 800 pelo resgate do veículo

Caso aconteceu em Simões Filho. De acordo com vítima, moto só seria devolvida depois que valor fosse depositado em banco.

Uma mulher teve a moto dela roubada na manhã de terça-feira (4), em Simões Filho, cidade na região metropolitana de Salvador. De acordo com a vítima, um homem ligou se identificando como autor, para pedir dinheiro como resgate do veículo.

O crime aconteceu em uma rua no centro da cidade, por volta das 11h50. Uma câmera de segurança registrou o momento em que o suspeito chegou com um guarda-chuva e subiu na moto. A ação durou cerca de dois minutos e meio.

Em entrevista à TV Bahia, a vítima, que não quis ser identificada, contou que estacionou a moto no local para ir ao médico e tomou um susto quando voltou e não encontrou o veículo.

“Eu corri para dentro da clínica para verificar as câmeras, foi quando a gente viu as imagens do sujeito roubando. Imediatamente, a gente pegou as imagens, levou para delegacia. Desde então, nós temos divulgado a foto da moto”, contou a vítima.

A dona da moto disse que fez uma publicação nas redes sociais anunciando que o veículo foi roubado, para servir como alerta caso alguém encontrasse. Foi aí que um homem ligou para ela pedindo, inicialmente, R$ 800 para devolver a moto.

“Eu fiquei tremendo, nervosa. Minha filha entrou em pânico. Eu falei: ‘vamos atender e ver o que ele tem a dizer’, sequestro de moto com resgate eu nunca tinha visto, essa é a primeira vez que eu vejo, que eu passo. Nunca tinha visto essa situação”, explicou a vítima.

A conversa foi gravada pela vítima, que tentou negociar o valor com o autor do crime.

“Senhora vai depositar o dinheiro… depois vai pegar a moto, mas a senhora fica na ligação até pegar a moto. Até a senhora ligar a moto, pegar a chave e sair andando. Quando a senhora ligar a chave da moto, a senhora desliga”, disse o homem, na ligação.

“Fica difícil. Você sugere que eu pegue essa moto aonde? E outra, eu tenho que conseguir R$ 500, porque não tenho. Eu sou trabalhadora, não tem R$ 500 assim para dar”, respondeu a vítima, na ligação.

“Vou desmanchar a moto. Você acha que eu vou ficar com essa moto assim roubada? Eu desmancho”, completou o suspeito.

De acordo com a vítima, o dinheiro do resgate teria que ser depositado em um banco específico de Simões Filho e, só depois disso, a moto seria devolvida.

“É meu ganha pão, eu subo e desço. Com ela, o que eu tenho que fazer em duas ou três horas, eu faço em uma. Trabalho na rua, ajudando as pessoas, marcando exames e, sem a moto, vai dificultar bastante meu trabalho. Eu moro longe, daqui que eu chegue no centro, é outra dificuldade”, relatou a vítima.

A vítima registrou a ocorrência na noite de terça, na Delegacia de Simões Filho. Os policiais estão fazendo rondas para encontrar o veículo. As investigações apontam que também pode ser um golpe, já que ela postou nas redes sociais o telefone dela, falando que o veículo foi roubado. A pessoa identificada como autor pode estar pedindo o dinheiro e não ter a moto para devolver.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) informou que o número de roubos de carros e motos, em Salvador e região metropolitana, caiu entre janeiro e julho de 2020, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Foram 2.855 casos em 2019 contra para 2.596 em 2020. Com a pandemia, mais pessoas tiveram que ficar em casa, o que pode ter influenciado na queda, informou a SSP.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

G1 Bahia/ Foto: Reprodução/TV Bahia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo