Moro atuou como militante e contribuiu para eleger Bolsonaro, diz Pelegrino

????????????????????????????????????
Deputado federal afirma que o então juiz da Lava Jato agiu para minar candidaturas de Lula e Haddad.

O deputado federal Nelson Pelegrino (PT) diz que Sergio Moro agiu como “militante político” quando era o então juiz responsável pela operação Lava Jato em Curitiba (PR).

Para o parlamentar baiano, as mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil mostram que o hoje ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro (PSL) atuou para barrar uma possível candidatura do ex-presidente Lula e minar sua influência para uma eventual eleição de Fernando Haddad em outubro passado.

“O que chega a público são notícias muito graves. Além dessa condução do processo, há claros indícios de que o ministro atual da Justiça, Sergio Moro, atuou como militante político. Ele interferiu no processo eleitoral. Esteve dentro de uma estratégia de inviabilizar a candidatura do ex-presidente Lula, de impedir que o ex-presidente tivesse uma atuação nas eleições que pudesse interferir com o seu peso político na própria eleição de Fernando Haddad. Ele acabou contribuindo para a vitória de Bolsonaro”, disse Pelegrino à rádio Metrópole na noite desta segunda (10).

“O magistrado não pode conduzir a prova. Não pode orientar. Não pode inverter papéis, sob pena de nulidade”, afirmou o deputado.

Bahia.ba/ Foto: Leonardo Prado / Câmara dos Deputados