Mano indica jogo contra o Corinthians como limite para avaliar carências do Bahia

O Bahia está na 16ª posição da competição nacional, com nove pontos.

Após a derrota do Bahia para o Atlético-GO no último domingo (13), em Pituaçu, o técnico Mano Menezes voltou a falar sobre a necessidade de reforços para o time. O comandante tricolor indicou que o jogo contra o Corinthians na próxima quarta-feira (16), na Neo Química Arena, será o limite para indicar as necessidades para o elenco. O objetivo é trazer reforços que trabalhem com a equipe durante o período de dez dias sem jogos.

“Quando a direção do Bahia e eu estávamos ajustando o contrato, o presidente se predispôs, como diretoria do Bahia, para que a gente analisasse as questões de reforços. Essa é uma ideia que vem se desenvolvendo e analisando dentro do departamento de futebol. Eu disse a ele que gostaria de pelo menos ver os jogadores um pouco mais. Nosso limite que estabelecemos é o jogo contra o Corinthians. Depois disso teremos uma parada de dez dias. Existe essa ideia, mas temos que saber onde vamos atacar, com quem vamos contar, os setores que precisamos encontrar soluções que não estejam aqui. Essas discussões são sempre melhores de fazer de forma interna. Não vamos expor atleta”, afirmou.

Mano reconheceu a dificuldade que o time vem passando e pontuou que o tempo para trabalhar será o remédio para uma melhoria de rendimento.

“Temos que melhorar como equipe. Estamos em dificuldade, como outras equipes também vão atravessar. Agora com trabalho, mais tempo para treinar. Afinal de contas, fizemos um treinamento de 45 minutos com a equipe que jogou. Não mais que isso porque os jogadores precisam estar mais voltados para recuperação. A saída de bola tivemos dificuldade porque o Atlético-GO nos pressionou alto e voltamos muito a bola para os nossos zagueiros. Acho que quando a bola chega na linha de volantes, a sequência natural para frente da jogada para que ela saia com mais qualidade. A equipe melhorou um pouco a sua exposição defensiva, não sofreu tanto defensivamente como em outros jogos, mas temos que chegar no equilíbrio, esse famoso equilíbrio que é ter segurança e capacidade ofensiva para construir resultados positivos”, explicou.

O Bahia está na 16ª posição da competição nacional, com nove pontos. Os tricolores vivem um duro jejum de sete partidas sem triunfos.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Bahia Notícias