Jovem morre eletrocutado enquanto jogava futebol em quadra pública do DF

Os moradores contaram que comunicaram o problema à companhia de energia diversas vezes, mas que o espaço nunca passou por manutenção.

Um jovem de 18 anos que jogava futebol com os amigos morreu eletrocutado após encostar em uma barra de ferro, atrás de uma trave de gol, em uma quadra pública de esportes em Taguatinga, no Distrito Federal. O caso ocorreu na noite dessa terça-feira (11).

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer mas, após 40 minutos de tentativas de reanimação, o rapaz não resistiu. Abalados, os pais do jovem não quiseram conversar com a imprensa.

A Companhia Energética de Brasília (CEB) esteve no endereço, ainda na noite de terça, e desligou a energia do local. Em nota, a empresa afirmou “profundo pesar pelo acidente”.

Segundo a companhia, equipes de segurança vão realizar perícia no local e apurar as causas do ocorrido. A CEB apontou que “prestará toda a assistência necessária à família da vítima”.

Problema antigo

A quadra pública de esportes onde aconteceu o óbito fica na EQNM 38/40, em Taguatinga Norte. Logo ao lado, há um colégio público – o Centro de Ensino 17. Pela região, a reportagem da TV Globo encontrou fios expostos e lâmpadas queimadas.

Os moradores afirmam que os choques no alambrado da quadra são frequentes. Eles contaram que comunicaram o problema à CEB diversas vezes, mas que o espaço nunca passou por manutenção.

Os moradores chegaram a gravar um vídeo, no início deste ano, mostrando a situação. Nas imagens, dá para ver as faíscas de eletricidade próximas ao portão do local.

A administradora de Taguatinga, Karoline Guimarães, não quis gravar entrevista. Ela, no entanto, disse que a administração não recebeu reclamações sobre a quadra.

G1 / Foto: TV Globo