Incêndio atinge sítio arqueológico com pinturas rupestres de 11 mil anos no Pará

No local há pinturas rupestres que comprovam que a região foi habitada há pelo menos 11 mil anos.

Um incêndio atingiu o sítio arqueológico Serra da Lua, no Pema (Parque Estadual de Monte Alegre), no Pará, na noite de sábado (5). O fogo na região da Serra da Lua foi controlado, mas outros focos de incêndio ainda são combatidos por bombeiros e voluntários.

O parque e o centro de musealização são gerenciados pelo Ideflor-bio (Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará). Com área de 58.251 hectares, o parque faz parte da Área de Proteção Ambiental Paytuna, criada em 2001. No local há pinturas rupestres que comprovam que a região foi habitada há pelo menos 11 mil anos.

Segundo o governo do Pará, o fogo segue em progressão lenta, na direção contrária do vento, o que facilita o trabalho dos brigadistas. Ainda não se sabe a área total atingida.

Varela Notícias