CidadesSalvador e RMS

Hospital das Clínicas terá 30 leitos para pacientes fora da fase contagiosa da Covid-19 e que precisem tratar comorbidades

Estratégia acordada entre Sesab e gestão do hospital visa desafogar rede hospitalar de referência para pacientes com Covid-19.

O Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos, conhecido como Hospital das Clínicas, que pertence à Universidade Federal da Bahia, reservará 30 leitos destinados a receber pacientes Covid que, mesmo cessada a fase contagiosa, precisam permanecer internados para o tratamento de comorbidades. O anúncio foi feito no fim da manhã desta sexta-feira (5), pela UFBA.

Segundo a universidade o cardo da gestão do hospital com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) visa desafogar a rede hospitalar de referência para pacientes com Covid-19, que está próxima do colapso. O acordo prevê 20 leitos de enfermarias e 10 leitos de UTI.

Ainda de acordo com a UFBA, muitos pacientes que se internam com Covid-19 são idosos, com uma ou mais comorbidades, a exemplo de insuficiência cardíaca congestiva, edema pulmonar, insuficiência renal, pneumonias, sepses, dentre outras, que impõem a necessidade de permanecer internados em unidades hospitalares.

Com esse acordo, eles poderão ser transferidos para o Hospital das Clínicas e, com isso, liberar vagas nos leitos Covid da rede hospitalar.

Ficou também acordado que pacientes regulados para o Hospital das Clínicas por outros problemas de saúde, e que no decorrer do seu internamento testem positivo para Covid-19, serão transferidos para unidades de referência Covid do estado, abrindo novas vagas no Hospital das Clínicas para outros pacientes com o perfil de comorbidades.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

G1 Bahia/Foto: Reprodução/TV Bahia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo