Familiares e amigos protestam em 1ª audiência de feminicídio contra estudante em Cachoeira

Segundo a TV Bahia, cerca de 30 pessoas vestidas com camisas que tinham a foto de Elitânia Hora também traziam cartazes pedindo justiça.

Parentes e amigos de Elitânia de Souza Hora protestaram nesta quinta-feira (13) durante a primeira audiência de instrução do caso de feminicídio contra a jovem. A audiência ocorreu no fórum de Cachoeira, no Recôncavo, e teve a presença do acusado, Alexandre Passos Silva Góes, ex-namorado da vítima. Segundo a TV Bahia, cerca de 30 pessoas vestidas com camisas que tinham a foto de Elitânia Hora também traziam cartazes pedindo justiça.

Em torno de 14 testemunhas devem ser ouvidas, 7 de acusação e outras sete de defesa, além de membros do Ministério Público do Estado (MP-BA) e do advogado de defesa. Além da mãe da universitária, Maritânia de Souza, irmãos de Elitânia Hora também estiveram na audiência. O irmão da vítima, Rodrigo de Souza, disse que Alexandre sempre foi abusivo e que já tinha agredido a estudante diversas vezes.

Elitânia Hora foi morta por Alexandre na noite do dia 27 de novembro. A jovem estava na companhia de uma amiga quando foi surpreendida pelo acusado. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos (lembre aqui). 

Suspeito de matar estudante de serviço social a tiros em Cachoeira é preso

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Foto: Reprodução / TV Bahia