Delegado de SAJ afirma que Edilton não demonstrou remorso em ter esfaqueado companheira e matado enteado

O autor do crime, Edilton Araújo, provocou nele mesmo uma perfuração de aproximadamente 3 cm na região do abdômen.

Segundo o delegado Dr. Adilson Bezerra, Manuela Silva Costas Martins, 29 anos, sofreu 8 perfurações, sendo uma mais profunda.  O autor do crime, Edilton Araújo, provocou nele mesmo uma perfuração de aproximadamente 3 cm na região do abdômen, e se jogou do primeiro andar, mas com a queda não houve lesões a considerar.

“Ele falou sobre o ocorrido e, sem demonstrar remorso, diria de maneira até fria, disse que tentou matar a sua companheira porque ela estaria lhe traindo. Quanto a criança, afirmou que desferiu vários golpes de faca porque a mesma estava chorando muito”, contou o titular da Delegacia de Santo Antônio de Jesus.

A perícia constatou que o crime teria iniciado na cozinha, passando pelo corredor da casa, até chegar à janela onde a mulher pulou. Tudo indica que a criança foi esfaqueada na sala. Manuela relatou ao delegado que se relacionava com o agressor há 1 ano e meio, mas durante esse período nunca houve indícios de agressão por parte dele. Ela morava em Salvador e decidiu passar o dia das crianças ao lado do filho e namorado, em Santo Antônio de Jesus. Edilton passará por exames psicológicos para atestar sanidade mental. A polícia segue com as investigações.

Blog do Valente/ Foto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo