Esportes

Copa América não vai exigir vacinação contra coronavírus para jogadores, diz Queiroga

De acordo com André Pedrinelli, coordenador operacional da competição, os jogadores e comissão técnica de todos os países participantes farão dois testes diagnósticos para a Covid-19 a cada 48h.

A vacinação contra a Covid-19 não será exigida para os jogadores que irão disputar a Copa América, segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Em declaração dada nesta segunda-feira (7), o ministro ainda disse que “não se fará um esforço maior para vacinar” os atletas que ainda não foram imunizados.

“Não será uma imposição a questão da vacina. Os que estiverem vacinados melhor, mas não se fará um esforço maior para se vacinar estes atletas agora, até porque a vacina poderia causar algum tipo de reação e isso poderia comprometer o ritmo competitivo dos jogadores”, disse o ministro da Saúde.

De acordo com André Pedrinelli, coordenador operacional da competição, os jogadores e comissão técnica de todos os países participantes farão dois testes diagnósticos para a Covid-19 a cada 48h.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Bahia.Ba

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo