“Conseguimos esmagar a curva do coronavírus”, diz secretário de Saúde da Bahia

A Bahia é uma referencia mundial de combate a Covid-19”, disse, na manhã desta terça (4), ao apresentador Geral Júnior, na rádio Metrópole.

A secretário de Saúde do  estado da Bahia, Fábio Vilas Boas  afirmou que a Bahia dá exemplo de combate ao coronavírus. Ele disse que todo o empenho dos baianos e do governo estadual e municipal fizeram a diferença para reduzir o número de pessoas infectadas. “Conseguimos  não só achatar, mas esmagar a  curva (de crescimento do coronavírus). A taxa de mortalidade é a menor do Brasil, o que foi um esforço imenso do governo. Deu exemplo de colaboração, de espírito público, Bahia é uma referencia mundial de combate a Covid-19”, disse, na manhã desta terça (4), ao apresentador Geral Júnior, na rádio Metrópole. 

Ainda conforme Vilas Boas  o avanço nas medidas de proteção e a ampliação dos leitos de UTI foram cruciais para o combate ao vírus. Na Bahia, na última segunda-feira (4), foram registrados 915 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%), 52 óbitos (+1,5%) e 2.102 curados (+1,4%). Dos 171.391 casos confirmados desde o início da pandemia, 155.700 já são considerados curados, 12.067 encontram-se ativos e 3.624 tiveram óbito confirmado de Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 409 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (33,85%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Almadina (3.861, 64%), Dário Meira (3.632, 12%) Gandu (3.601, 52%), Itajuípe (3.445, 42%) e Ipiaú (3.141, 28%).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 340.290 casos descartados e 81.974 em investigação.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

BNews / Foto: Sesab