Conheça procedimentos que transformam o rosto sem cirurgia

Novas tecnologias estéticas podem transformar a simetria facial com técnicas não invasivas.

A busca pela beleza move os sonhos de muitos homens e mulheres pelo mundo, especialmente dos brasileiros. Somos um dos países que lidera o ranking de cirurgias plásticas no mundo, inclusive entre os jovens. Mais de 839 mil cirurgias estéticas são realizadas no Brasil por ano, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

No entanto, nem todos desejam ou estão aptos a realizar uma intervenção cirúrgica e optam por procedimentos estéticos mais simples e não invasivos, que, ainda assim, são capazes de mudar o rosto ajustando pequenos detalhes e assimetrias. Ainda de acordo com os números mais recentes da SBPC, estamos procurando soluções mais simples: entre os anos de 2014 e 2016, a procura por técnicas como preenchimento labial e aplicação de botox aumentou 390% no país. 

Mudando o rosto com a correção de detalhes

Há uma série de novos tratamentos que buscam harmonizar pontos estratégicos do rosto com pequenas intervenções, capazes de gerar um notável resultado final. Muitos deles podem ser feitos simultaneamente e não exigem internações prolongadas nem um pós-operatório doloroso e complexo, que, como nas cirurgias extensivas, podem afastar o paciente do trabalho e de suas atividades cotidianas.

Muitas dessas técnicas também não são definitivas e podem requerer manutenção períodica. A vantagem nesses casos é permitir ao paciente ajustes progressivos em sua aparência ao longo do tratamento, dando a opção de intensificar ou suavizar seus traços naturais de forma reversível. Conheça algum deles:

Boca: Preenchimento labial

A técnica pode variar de acordo com cada necessidade e histórico do paciente, mas normalmente os lábios são redesenhados com aplicações de ácido hialurônico, que também aumenta o seu volume. A técnica é delicada e as injeções devem ser aplicadas em ambiente ambulatorial. Para o sucesso do preenchimento labial, as aplicações precisam ser feitas por um cirurgião plástico capacitado. 

Nariz e boca: Preenchimento do sulco nasogeniano

A técnica consiste da aplicação cuidadosa do ácido hialurônico nas linhas de expressão profundas ao lado da boca que causam a aparência envelhecida e semblante cansado conhecido como bigode chinês. 

Nariz: Rinomodelação

Por ser uma substância muito eficiente no preenchimento de rugas e capaz de promover a elasticidade da pele, o ácido hialurônico também é empregado nesta técnica. Com aplicações de pequenas injeções intradérmicas, o cirurgião plástico consegue redesenhar sutilmente o contorno do nariz, criando um ponto central de equilíbrio na harmonia facial. 

Papada: Lipo enzimática 

A técnica torna possível a redução da temida papada sem cortes profundos ou cirurgia. As enzimas lipolíticas são aplicadas na região com auxílio de agulhas muito finas e começam a “derreter” a gordura localizada. Os resultados são rápidos e capazes de mudar o contorno do rosto de maneira muito positiva e perceptível.

Maçãs do rosto: Bioplastia malar

Utilizando o ácido hialurônico, também é possível redesenhar e preencher sutilmente as maçãs do rosto, dando um ar mais jovem e contornado à face.  O procedimento também ajuda a combater a flacidez da pele na região. 

Mídia Bahia.