Com doença causada por agrotóxicos, morador de Elísio Medrado pede ajuda

O diarista Paulo Brito dos Santos, de 44 anos, residente na localidade de Terra Cavada, próximo ao Monte Cruzeiro .

Um morador do município de Elísio Medrado (BA) teve as funções dos rins e fígado afetadas pelo uso dos agrotóxicos Roundup e Tordon. O diarista Paulo Brito dos Santos, de 44 anos, residente na localidade de Terra Cavada, próximo ao Monte Cruzeiro, há dois anos vinha apresentando cansaço e tremedeira no corpo, mas só agora descobriu a causa do seu problema de saúde.

Em entrevista ao Tribuna do Recôncavo, nesta segunda-feira (08/07), Paulo contou que fez dez tipos de exames em Santo Antônio de Jesus e não deu nada, e ao procurar a Doutora Ivonete F. da Silva, nutricionista ortomolecular, em Elísio Medrado, ela fez um exame chamado Bioressonância, e afirmou que os agrotóxicos atingiram o fígado e rins do mesmo.

Ainda em entrevista ao Tribuna, Paulo contou que sempre utilizou as ferramentas tradicionais: enxada, enxadeta e foice para destocar o pasto e limpar a terra, mas alguns agricultores e fazendeiros preferiam a utilização dos agrotóxicos, e para não ficar parado ele fazia a aplicação.

“Há dois anos eu percebi que tava doente, começava a trabalhar e não aguentava porque o corpo tremia e eu perdia a força. Até um balde de água de 12 litros ou 5 litros eu não conseguia pegar”, disse.

O Tribuna do Recôncavo também ouviu a sobrinha de Paulo, Adriana Dias, a qual falou que, além do cansaço e fracasso, seu tio teve alterações na pele.

“Ele está com a bochecha inchada, lisa e mais escura. As mãos tão com a pele meia mole, escura e inchada. Os dedos também tão inchados. E o solado dos pés ficaram brancos, parecendo que pisou em goma”, disse Dias.

Atualmente, Paulo que é solteiro e mora com sua irmã, Margarida Brito, está impossibilitado de trabalhar e ainda não conseguiu nenhum benefício previdenciário ou social. Membros de igrejas católica e evangélicas estão fazendo uma campanha para ajudar no tratamento de Paulo, que deverá tomar 4 medicamentos durante um ano:

  • Chlorela – R$ 378,00
  • Licitimnanew – R$ 123,00
  • Sill *K75 R$ 285,00
  •  Mtox *3 – R$ 195,00

Um determinado valor já foi conseguido, mas os interessados em continuar ajudando podem depositar qualquer valor na conta:

  • Banco: Caixa Econômica Federal
  • Agencia: 1902
  • Operação: 013
  • Conta Poupança: 58192-3
  • Favorecido: Adriana Dias dos Santos Cerqueira

Que esse fato sirva de alerta para os moradores da zona rural e urbana, que estão substituindo a forma tradicional de limpar o mato pelos agrotóxicos.  

Reportagem e redação: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo