Esportes

Com aumento de infecções por Covid-19 no país, GP da Turquia não terá público

Durante algumas horas, mais de 40 mil ingressos já haviam sido vendidos.

A organização do GP da Turquia voltou atrás e decidiu que não haverá público nas corridas que vão acontecer em Istambul entre os dias 13 e 15 de novembro. As autoridades do país anunciaram nesta segunda-feira (5) a decisão de que o evento não irá mais receber espectadores nos treinos e prova da Fórmula 1.

A decisão de suspender a participação do público no GP é devido ao aumento de casos de coronavírus na Turquia. A venda de ingressos já havia sido iniciada e a expectativa era de que a corrida recebesse 100 mil espectadores.

Durante algumas horas, mais de 40 mil ingressos já haviam sido vendidos. A organização do GP da Turquia ainda não definiu o que será feito com relação às pessoas que já tinham adquirido as entradas para o evento.

Há quase dez anos sem receber Fórmula 1, a Turquia voltou ao calendário em agosto após a organização da categoria reorganizar onde seriam realizadas as etapas desta temporada devido a pandemia.

O primeiro GP a ter público este ano foi o último realizado, que aconteceu em Sochi, na Rússia. Na última semana, a Fórmula 1 teve recorde de casos de Covid-19, após a realização do evento com público, mas a FIA e a própria organização do evento se posicionaram dizendo que a participação de espectadores não tem relação com os testes positivos.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Bahia Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo