Cidades do Recôncavo e ValeElísio MedradoVale do Jiquiriçá

Cachorros soltos nas ruas de Elísio Medrado preocupam moradores e oferecem riscos

A qualquer momento esses animais podem atacar pessoas, principalmente crianças, e já é corriqueira eles correrem atrás de motos e poderão causar sérios acidentes.

Na manhã desta segunda-feira, a redação do Recôncavo no Ar recebeu fotos e informações sobre a presença de vários cachorros soltos em ruas da cidade de Elísio Medrado e causando grandes transtornos e medo à moradores.

“Cachorrada é essa aqui em nossa cidade? 13 cachorros soltos nas ruas latindo com as pessoas; quase derruba um moto-taxista que estava passando e foi atacado”, acrescentou um internauta.

A qualquer momento esses animais podem atacar pessoas, principalmente crianças, e já é corriqueira eles correrem atrás de motos e poderão causar sérios acidentes. Os proprietários devem se conscientizar e providenciar um local adequado para deixá-los sem nenhuma ameaça para as pessoas.

Animais perambulando pelas ruas e consequentes ataques a pessoas podem render problema na justiça para seus donos. 

Apesar do abandono não estar explicitado no artigo 32 da Lei Federal 9.605/1998, que trata sobre o crime contra animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, a prática se enquadra em maus-tratos, uma vez que abandonar o animal o expõe em situação de vulnerabilidade.

O proprietário dos animais soltos em casop de lesão praticada por eles, o responsável pelo animal responde por  lesão corporal culposa, de acordo com o Código Penal. O fato de deixar o cachorro solto na rua e não adotar a devida cautela com esse animal, como ocorre com bovinos em beira de estrada, configura contravenção penal de omissão de cautela na guarda ou condução de animais.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Foto: internauta Recôncavo no Ar

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo