EntretenimentoSalvador e RMS

Bruno Reis sinaliza que Carnaval em Salvador pode não ser realizado neste ano

“Só poderá ocorrer após imunização em massa. A tendência é o processo de vacinação não estar concluído em seis meses”.

Maior festa de rua do mundo, o Carnaval de Salvador pode não ocorrer em 2021. De acordo com o prefeito Bruno Reis (DEM), com o atraso para iniciar a vacinação contra a Covid-19, ainda vai demorar para vacinar toda a população.

“O Carnaval só poderá ocorrer após imunização em massa dos três milhões de habitantes em Salvador. Diante do cenário que está colocado, a tendência é o processo de vacinação não estar concluído em seis meses”, disse nesta sexta-feira (22), em coletiva à imprensa.

A declaração ocorre seguindo o que foi decidido pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), que descartou a realização da festa em julho deste ano.

“A tendência é realmente não poder ocorrer em julho. Pode ocorrer em outubro ou não termos condições de realizar esse ano. Só será possível fazer se tivermos as pessoas vacinadas. O Brasil é um dos países mais eficientes do mundo em vacinação, mas para isso tem que ter a vacina”, afirmou Reis.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

Bahia.ba/Foto: Max Haack/ Ag. Haack

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo