Giro de Notícias

Auxílio emergencial: valores serão de R$ 175, R$ 250 e R$ 375, diz Guedes

A proposta em discussão no Congresso também cria mecanismo para controle de despesas.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta segunda-feira os valores do auxílio emergencial em 2021. De acordo com o ministro, os valores irão depender da situação da família. Em média, o valor será de R$ 250.

Mães solo receberão R$ 375; homens que moram sozinhos, R$ 175; e casais, R$ 250. O ministro não esclareceu, porém, os casos de casais com filhos.

— Esse é um valor médio (R$ 250), porque se for uma família monoparental dirigida por uma mulher é R$ 375. Se for um homem sozinho é R$ 175. Se for um casal, os dois, aí já são R$ 250.  Nós só fornecemos os parâmetros. A decisão da amplitude é do Ministério da Cidadania — disse Guedes, no Palácio do Planalto, sem entrar em maiores detalhes.

O governo deve pagar pelo menos quatro parcelas. A expectativa é começar a transferência dos recursos ainda neste mês. Mas para isso é necessário que o Congresso aprove uma proposta que destrava o pagamento do benefício.

O Senado aprovou a proposta na semana passada, e a Câmara deve analisar o texto nesta semana. A proposta não estabelece um valor do pagamento, mas fixa um limite de R$ 44 bilhões para os gastos totais do benefício.

No ano passado, o governo pagou cinco parcelas de R$ 600 e quatro de R$ 300 a um custo de cerca de R$ 300 bilhões. 

A proposta em discussão no Congresso também cria mecanismo para controle de despesas.

Siga o Recôncavo no Ar nas redes sociais e fique por dentro de todas as informações e transmissões ao vivo na nossa página oficial.

Facebook e Instagram

O Globo

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo